Literatura

Resenha: O Reino das vozes que não se calam

18:30 Jamilly Costa 4 Comments


O Reino das Vozes Que Não Se Calam - Em sua estreia na Rocco e marcando também a chegada do selo Fantástica, a escritora Carolina Munhóz, ganhadora do Prêmio Jovem Brasileiro por seu primeiro livro, A fada, apresenta O Reino das vozes que não se calam, escrito em parceria com a atriz e cantora Sophia Abrahão. Espécie de conto de fadas contemporâneo, em que um mundo mágico é palco para uma história de autoconhecimento e o poder dos sonhos, o romance conta a história de Sophie, uma garota cansada de sofrer com a indiferença das pessoas até descobrir um Reino onde seus talentos são reconhecidos. Cedo ou tarde, porém, ela terá que decidir entre a realidade e a fantasia, numa jornada repleta de descobertas e desafios.



O livro conta a história de Sophie uma garota ruiva, magra e tímida, que acaba sofrendo muito preconceito pela sua aparência. A sua única companheira é a Ana, sua melhor amiga que faz parte da turminha dos populares e que acaba convencendo Sophie a ir pra uma festa onde ela é humilhada. Mas Sophie é mais do que esse patinho feio que os colegas de escola dela criou. Além de ser super talentosa, Sophie tem muita criatividade e uma certa curiosidade. Depois de chegar em casa com o coração partido em dois e se jogar na cama, Sophie sonha com um reino mágico onde as pessoas são diferentes, os animais são diferentes e tudo é completamente o oposto de sua vida. Ali está o mundo que ela sempre sonhou.
Depois de acordar, a maior vontade dela é retornar ao reino onde tudo é possível, onde as pessoas a tratam bem e onde ela é feliz.
Ela acaba descobrindo que nada daquilo é um sonho, e sim um mundo paralelo. Agora a maior escolha de Sophie é decidir entre o nosso mundo e o Reino das vozes que não se calam. Com toda essa amargura que ela tem do lado de cá, a resposta parece óbvia. Mas nesse meio tempo, Sophie vai vendo que nem todas as pessoas são tão ruins assim. Ela acaba conhecendo o Léo e a Mônica. E vendo um outro lado do nosso mundo que ela achou que não existia. Por outro lado temos O Reino, lar de criaturas que a garota já aprendeu a amar por se sentir tão amada por elas. Essa foi uma parte do livro em geral que amei! Um reino colorido onde existe gatos falantes, guardiãs, fadas, pássaros enormes, sereianos? Me leva urgente para lá! 
E agora? Permanecer com as pessoas que ela aprendeu a gostar ou ir de vez para o Reino onde ela se sente tão amada? O que você faria?

Acho que todos nós temos um mundo paralelo para fugir quando as coisas por aqui apertam, né? Seja na música, na literatura (), na dança, no teatro... E pense bem em como seria uma decisão difícil se você tivesse que escolher entre seu refúgio e o mundo real tão caótico que vivemos? 
Na minha opinião, além da questão do bullying, essa é uma característica do livro que mais marcou. Afinal, o que é melhor para nós? Enfrentar o mundo real com todos os nossos probleminhas (ou "problemãos") ou ser feliz num mundo paralelo onde todos te aceitam e tudo parece ser perfeito? 
A linguagem é leve, e a narrativa é fluida. E é um livro tão bonito de se ler, de parar para refletir sobre que entrou na minha lista de livros favoritos! O livro conseguiu transmitir e muito bem uma das fases mais conturbadas da vida, a adolescência. A tristeza e a depressão que a protagonista adquire pelo bullying sofrido é de partir o coração. Me peguei chorando, acreditam?
Os personagens são muito bem construídos, e com sentimentos bem reais, sabe? Tenho certeza que conheço alguma Sophie ou mesmo uma Ana.
Quanto aos detalhes físicos, nem preciso falar. As fotos dizem tudo! É o livro mais amorzinho que já li. Sou apaixonada pela capa, pelas fontes, pelo papel, tudo! 
Não dá vontade de visitar O Reino olhando essa capa linda? 

Pausa aqui para contar do dia que conheci a Carolina ♥ Foi muita emoção! Pessoa mais linda, simpática, amorosa e atenciosa nunca vi! Ela já se tornou uma de minhas escritoras favoritas, e aguardem que vou falar muitooo dela aqui ainda! Em breve tem resenha de Por um toque de ouro ♥ (só falta conhecer a Sophia agora :'))


Tem mais fotos lá no insta @limaoealecrim. A Carol é tão fofa que até curtiu!



"Eu vejo uma jovem um pouco perdida, talvez revoltada demais com o mundo. Não sei porque razão. Redescubro uma garota com uma voz linda e uma facilidade incrível de transportar sentimentos para melodias no papel. Uma pessoa que fala o que pensa e pensa o que sente, talvez madura demais para a idade. Vejo uma pele difícil de ser esquecida e um sorriso que pode ser mágico quando quer. Gosto dos meus lábios, porque lembram os da minha mãe. E das minhas sobrancelhas, parecidas com as do meu pai. Mesmo achando que meu cabelo ruivo tem mais personalidade do que eu, ainda é legal o modo como ele mostra o quanto minha alma é única. Acho que sinto isso. Que sou diferente, mas isso é bom. Que quanto eu peso ou como me visto não importa se eu estiver bem comigo mesma."



Obrigada por tudo, espero que tenham gostado.
 Beijinhos.


  Acompanhe o blog nas redes sociais:
      Facebook Twitter ♥ Youtube ♥ Tumblr ♥ Instagram ♥ Pinterest  Flickr  Shots

You Might Also Like

4 comentários:

  1. que linda as fotos, adorei e fiquei curiosa pelo livro <3

    ResponderExcluir
  2. Você simplesmente aumento muitoo minha vontade de ler esse livro, já havia ouvido vários comentários a respeito, mas a sua analise apresenta várias perguntas que nos intrigam. Parabéns!!
    Beijos

    http://findinggtheway.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li o livro, mas já me encantei pela capa....
    Adorei conhecer seu blog, já estou seguindo-o
    Beijinhos

    www.blogluanafreitas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que legal! Esse livro parece ser muito bom, preciso comprar! kk.

    ResponderExcluir

Espero que você comente sua opinião! É muito importante para mim!
° Sem o típico "seguindo, segue de volta?", comente algo sincero sobre o post primeiro, depois avise que está seguindo.
° Respondo todos os comentários.
° Retribuo todos os comentários.
° Sigo todos que me seguirem!
° Vou lhe tratar da mesma forma que você me tratar ;)
Obrigada! Volte sempre!